Pular para o conteúdo principal

A verdade sobre as raízes do novo fascismo que se anuncia na mídia brasileira que quer matar Lula

Por Genaldo de Melo
ecce-homo-antonio-ciseri-1880
Não precisa ser especialista em propaganda política para saber que em qualquer lugar do mundo aonde o jornalismo deixou de fazer notícias, para fazer simplesmente propaganda, aliás, propaganda política, ele pela capilaridade que tem deixou de ser jornalismo para ser fascismo. Foi assim na Alemanha de Hitler, foi assim na Itália de Mussolini, foi assim na Espanha de Franco, foi assim em Portugal de Salazar, e foi assim em todos os recantos do planeta.

O que está acontecendo com Lula por esses dias, da forma como estão apresentando as informações a seu respeito, não como notícias, mas como propaganda política, não passa de nada mais nada menos do que fascismo político. O fascismo midiático não está dizendo que um procurador da República está acusando Lula de supostos crimes, ele está afirmando que Lula é “chefe de quadrilha”. É o assassinato da reputação de um líder político que os acusadores supõem que ninguém o derrota nas urnas, e portanto é melhor matá-lo.

Da forma como estão fazendo essa guerra política, está ficando cada vez mais diáfano que Lula do ponto de vista eleitoral é simplesmente um homem a ser vencido e assassinado politicamente, porque é imbatível vivo. Os acusadores fabricam acusações, mas cometem o erro crucial de não apresentar provas, mas somente suposições, resultado da histeria ideológica. Na falta de provas concretas que incriminem o homem, esses propagandistas defendem a tese (alimentado por fanáticos do Ministério Público) de que a propina na Petrobrás, que começou evidentemente na era FHC, e continuou beneficiando o PMDB, PP, PTB, DEM e PSDB nos governos petistas por conta de um sistema político podre foi da ordem de R$ 6,2 bilhões, e Lula foi o chefe de tudo. O grande criminoso!

A fabulação dos pregadores fanáticos do Ministério Público que os fascistas da informação política repassam vinte e quatro por dia como verdade, é que desse volume todo do esquema sujo na Petrobrás, os subordinados da quadrilha ficaram com os quase R$ 6,2 bilhões, enquanto o chefe de todos, no caso Lula, ficou supostamente com somente R$ 3,7 milhões.

Além de chamar Lula de “chefão da quadrilha”, ainda o chamou nas entrelinhas de chefe burro. Enquanto os subordinados na quadrilha ficaram com 99,94% do assalto, Lula o “comandante chefe”, o “grande general”, o “maestro”, o “líder máximo”, o miseravão” (quase que o chamam de deus), ficou com somente 0,0597%. Peste de ladrão burro! Nunca se viu na história um suposto líder de organização criminosa que fosse tão burro, como o que a mídia brasileira está querendo colar na imagem de Lula.

As acusações são tão infundas que até mesmo um dos “papas” do jornalismo da direita brasileira, Reinaldo Azevedo, ficou estupefato, ao ponto de opinar sobre o erro primário do fanatismo odioso, doentio e estigmatizador que domina as consciências jurídicas, e que são repassadas pelo Jornalismo da Obediência no Brasil.

Vivemos tempos de exceção como na Ditadura Militar, e Lula representa não a pessoa dele mesmo, Nem o PT que para eles deve obrigatoriamente ser extinto do mapa político brasileiro, e nem os partidos de esquerda e movimentos sociais, Lula representa a esperança e o contraponto comprovado à direita brasileira e seu novo revelado programa fascista. Por isso a perseguição!

A mídia da propaganda política está trabalhando politicamente para todos aqueles que querem os brasileiros trabalhando 12 horas por dia, que se aposentem aos 70 anos de idade, que tenham um plano de saúde popular limitado, que não tenham direito à universidade, aliás, que não tenham direitos nenhum. E Lula é contra todas essas propostas fascistas!

Por isso que algumas “coisas” precisam ser reguladas nesse país, não é somente os transportes, a energia elétrica, o petróleo, e outros setores econômicos não, mas também o jornalismo econômico! E não tem mais outro jeito! A contrapropaganda política é o trabalho do “boca à boca”, de “pés de ouvido”, convencendo aos brasileiros para ocupar às ruas. Se querem briga, vamos prá ruas de forma pacífica brigar, mas vamos prá ruas aos milhões nesse momento defender Lula e o projeto que ele representa! Ou então cruzemos os braços e nos preparemos para os chicotes!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …