O sensacional filibuster de Cunha pode continuar

Por Genaldo de Melo
Para a esmagadora maioria das pessoas que acompanham ao demorado “filibuster” político do deputado federal Eduardo Cunha, ele provavelmente deverá perder seu mandato na próxima segunda-feira (12/09). Mas para alguns incrédulos pode ser que ele mais uma vez enrolará o Brasil e não será cassado, pois depois de todas as armações que esse homem já aprontou desde que foi denunciado com contas bancárias secretas na Suíça, com dinheiro sujo, ele pode mais uma vez se salvar.

Se acontecer de não participarem da sessão de cassação do mesmo 257 deputados, realmente mais uma vez ele escapa, e se isso acontecer é melhor mesmo que os cidadãos brasileiros aprendam de uma vez por todas que essa Câmara dos Deputados é nojenta, criminosa como ele, e principalmente não serve para os brasileiros, mas sim para aqueles que estão convictos que o povo brasileiro é besta e burro, e logo vai esquecer de tudo e votar nos mesmos em 2018.

Se Eduardo Cunha não for cassado depois de tudo o que aconteceu, em que ele se tornou o centro das atenções midiáticas como sendo operador de esquemas pesados de corrupção, ninguém realmente sabe mais o que fazer, porque as regras do jogo político nesse país não vão mudar, porque quem muda são os deputados que estão em Brasília e estes não querem mudanças que possam os prejudicar.

Estamos diante de um absurdo! Como é que pode acontecer o que está acontecendo nesse país? Como o maior bandido dos últimos tempos pode não cair, e como um imperador absoluto continuar intocável? Que país é esse? Que peste é essa?

Comentários