A descoberta de Janaína Pascoal que deixou muita gente de cabelo em pé

Por Genaldo de Melo
Recentemente uma notícia ridícula tomou conta dos principais e mais sérios sites jornalísticos do país. A advogada que recebeu R$ 45 mil do PSDB para formular o documento que promoveu o impeachment de Dilma Rousseff, Janaína Pascoal, usou seu perfil no Twitter para escandalizar que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, vai invadir o Brasil, através da fronteira da Venezuela.

Naturalmente que foi a informação mais ridícula dos últimos tempos, e o que mais escandalizou os meios políticos e jornalísticos foi que essa informação nasceu de uma pessoa que pelo seu protagonismo recente é considerada uma pessoa com reputação a ser zelada, e que pelo visto não tem problemas mentais. Mas...!

Mesmo que o assunto seja considerado absurdo, mas mesmo assim já está mais do que na hora dos brasileiros começarem a pensar sobre questões de geopolítica mundial. Não que Janaína esteja certa no que diz, mas que devemos observar que no tabuleiro do xadrez mundial, países assim como empresas estão a todo o vapor disputando espaços de mercados mundiais, e que por mais absurdo que seja o tema tratado pela nobre advogada, provavelmente o presidente russo também quer disputar espaço no mercado brasileiro, assim como os americanos estão fazendo com o nosso petróleo sem derramar uma gota sequer de sangue como faz no Oriente Médio.

Por mais que Janaína esteja a ponto de se aproximar da loucura apresentando uma notícia absurda, ela com essa atitude provavelmente sabe que o governo brasileiro tomou a postura de não mais fazer como o governo anterior, que era ocupar espaços na geopolítica mundial, mas se alinhar aos Estados Unidos da América, não mais tendo a preocupação com os processos construídos para o BRICS e o MERCOSUl.

É essa a principal questão que a informação absurda coloca os brasileiros para pensar. Ou tomamos a postura do protagonismo mundial de disputar mercado para nossas empresas genuinamente nacionais, ou então entraremos em rota de coalizão com um dos blocos que disputam a hegemonia mundial pelos mercados para apoiar o outro, ou seja, então teremos que nos alinhar como colonizados diante dos Estados Unidos e os países mais ricos do Ocidente, ou teremos que fazer parceria com Rússia e China e países do Oriente. Não tem outro jeito!


Mas em relação à Janaína Pascoal, ela deve procurar um médico que lhe passe alguns calmantes ou remédios necessários, porque do ponto de vista intelectual ela que com seu documento conseguiu derrubar uma Presidente da República eleita com mais de 54 milhões de votos, deve ter uma reputação a zelar...

Comentários