A incrível perseguição para matar politicamente Lula

Por Genaldo de Melo
Estamos vivendo momentos que perigosamente nos remetem à premissas de desordens sociais e políticas, capazes de desestabilizar ainda mais a jovem democracia brasileira. Estamos vivendo momentos de nossa história que necessariamente não deveríamos correr esse risco. Mas como apenas dois ou três meios de comunicação de massa no Brasil acham que eles são os únicos donos da verdade, estão de todas as formas procurando cutucar a onça com vara curta. Ou seja, não estão procurando construir harmonia, mas a intriga a qualquer custo na sociedade brasileira.

Atacar um partido político não é tão perigoso quanto atacar uma liderança política. A história está cheia de evidências de como se acontecem distúrbios sociais e políticos quando se procura colocar no cadafalso determinadas pessoas que constroem liderança inabalável, e que muitas das vezes estão acima de agremiações partidárias. E não acho que com Luís Inácio Lula da Silva é diferente no Brasil. Lula construiu uma liderança política que está acima do Partido dos Trabalhadores, acima da Rede Globo e acima das revistas e dos jornais de fofocas políticas, que procuram sempre convencer com suas mentiras aquela parcela da classe média que forma opinião.

Podemos está até enganados, porque formar opinião nesse país sempre é tarefa de poucos, que podem dialogar com a realidade dos fatos que podem sempre de fato mudarem de rumo, mas não podemos deixar de assinalar que atacar uma liderança política como Lula, porque se está medo dele eleitoralmente em 2018, é tão perigoso como jogar querosene no fogo.

O partido dele se acuou, pois não construiu em todos esses governos que coordenou um instrumento de comunicação capaz de também formar opinião em todos os setores da sociedade, bem como não procurou dividir melhor os recursos públicos destinados a comunicação do próprio Governo. Com isso alimentou financeiramente apenas seus inimigos que agora querem a qualquer custo derrubar seu projeto. Agora uma certeza é patente, que derrubar o PT pode até ser que aconteça, porque “goebbelsianamente” quem não tem muito tempo para pensar apenas recebe os restos dos pensamentos dos outros, mas dificilmente derrubarão tão facilmente como pensam a liderança de Lula nesse país.

Nesse ponto, exatamente nesse ponto, é aonde reside o perigo de que parcela da sociedade brasileira não aceite tal fato e parta para as vias de fatos nas ruas desse país. Se o Partido dos Trabalhadores não está conseguindo se mobilizar para se defender, temos uma clara certeza de que variados setores da sociedade defenderão a simbólica imagem da pessoa que Lula representa nesse país. 

Lula é o único líder político nesse país que não precisa dos meios de comunicações para construir sua imagem, ela já é construída de fato nas mentes e corações de muita gente. Ou seja, ele não precisa de ninguém para fazer sua propaganda, ele mesmo é seu próprio comunicador das massas. Se querem derrubar Lula, que derrubem no voto, mas não no golpe baixo e sujo da Rede Globo, das revistas Veja e Época, e de jornais como Globo, Folha e Estadão que representam hoje o que de pior existe no jornalismo do Brasil, da América Latina e do mundo. É perigoso querer derrubar Lula a qualquer custo!

Comentários