Procura-se vivo ou morto o revolucionário mineiro Aécio Neves

Por Genaldo de Melo
Há algum tempo que um fato tem chamado à atenção, que se fosse em épocas próximas à eleições, que todos precisam do foco das atenções da mídia não seria natural, mas como não é o caso, mesmo assim está deixando muita gente com a pulga atrás da orelha, apesar de todos saberem que as eleições somente acontecerão em 2018.

Falo aqui do desaparecimento misterioso da mídia do queridinho da mesma, o senador da República, Aécio Neves (PSDB), que há muito tempo, desde que Eduardo Cunha foi preso não se ver em lugar nenhum sua presença. Parece que nem mesmo no plenário do Senado ele tem dado seus discursos inflamados.

Parece que isso é mesmo de propósito, pois depois de tanta delação premiada em que o mesmo é foco das atenções, mas a mídia esconde, alguma “coisa” deve está errada nisso tudo. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) está enrolado até o pescoço na Lava Jato e com a prisão do seu colega Eduardo Cunha, o terror se espalhou pelo senado. Não só Aécio mas grande parte do PSDB, PMDB e PP pode cair com futura delação premiada do ex-presidente da Câmara.

Mas parece que mesmo enrolado até o pescoço em tudo o que não presta nesse país, ele tem fugido como acovardado da imprensa como o satanás foge da cruz. E do mesmo modo, a imprensa do Jornalismo da Obediência resolveu que ele deve ficar em paz, porque esta mesmo pode passar vergonha por ter o defendido com sua propaganda política com tanto afinco, que esqueceram de todo o seu passado em Minas Gerais.


Se tudo correr como reza o “babado” jurídico atualmente no Brasil, Aécio Neves mesmo que se esconda alguém vai encontrá-lo embaixo da cama, porque ele é feito de carne e osso como todos os outros que vão cair como peças de xadrez sob o julgo da delação do antigo Senhor dos Anéis, Eduardo Cunha!

Comentários