Vereador feirense anuncia na tribuna que chegou a hora do povo brasileiro perdoar os corruptos

Por Genaldo de Melo
Segundo o Blog do Velame hoje aconteceu na Câmara de Vereadores de Feira de Santana um dos maiores disparates verbais que pode acontecer, quando um vereador que não está preparado para a função pode cometer.

O vereador evangélico que foi reeleito pelo Partido Progressista, Edvaldo Lima, subiu a tribuna da Casa para dizer em alto e bom som que os políticos brasileiros que estão denunciados por corrupção, como por Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Decílio Amaral, Romero Jucá e outros, devem vir à publico pedir perdão, e o povo brasileiro devem perdoá-los.

Segundo publicação do Blog do Velame ele disse em plenário “Vou propor aqui para chegar até o Congresso Nacional, que eles venham a público pedir perdão à população, dar anistia a todos os políticos envolvidos para fazerem uma grande reconstrução da nossa nação, para que possam continuar com a ficha limpa, porque a ficha de 95% dos políticos estão sujas. Está na hora de perdoá-los, para que o país possa caminhar e o povo brasileiro encontre um rumo; não está mais na hora de prender Renan Calheiros, Eduardo Cunha e tantos outros, está na hora do perdão do povo brasileiro, para que o povo e o país possam encontrar um rumo”.

Ou seja, temos um vereador em Feira de Santana, cidade com cerca de 622 mil habitantes, que por falta de preparo ou mesmo de assessoria comete o disparate verbal de dizer que o povo brasileiro deve perdoar ladrões do dinheiro público. Estamos literalmente diante da falência da democracia representativa. O povo de Feira de Santana deve fazer uma séria avaliação de procedimentos diante das urnas nas próximas eleições...

E segundo o Blog ele disse que o povo deve perdoar porque “Ou perdoa ou vai virar uma Venezuela, virar um Iraque, porque não tem cadeia para todo mundo não”. Como morador de Feira de Santana fiquei literalmente constrangido em saber disso!

Comentários