EMBASA de Feira de Santana é denunciada pela Globonews


Por Genaldo de Melo
É constrangedor ver que a situação da falta de água nas comunidades rurais de Feira de Santana é tão grave, que até mesmo a Globonews apresentou hoje matéria sobre o assunto. E mais constrangedor ainda é saber que as desculpas da Embasa não convence ninguém, porque é o mesmo discurso de sempre.


A desculpa da Embasa é que tem problemas com seus equipamentos e com a falta de energia elétrica para que possa bombear a água para determinadas comunidades, que vem sofrendo com a falta da mesma há muito tempo. Na maioria dos casos a água somente chega nas torneiras a cada 20 ou 30 dias (e à noite), o que faz com muitas famílias sofram porque em muitos dos casos elas não têm condições de ter reservatórios.


Interessante é que em relação às tarifas de pagamento elas não deixam de chegar, e caso as famílias não quitem as mesmas têm sua distribuição precária interrompida sem “dó e nem piedade”. O mais vergonhoso ainda é o discurso de que as famílias que não recebem a água se quiserem ter suas tarifas descontadas pela Embasa devem comprovar que não receberam a mesma. A pergunta é: como elas vão comprovar para os técnicos da Embasa que não receberam água durante um mês inteiro?


O que mais causa indignação na população rural é que em determinados bairros urbanos de Feira de Santana aonde vive a parcela da população local com mais poder aquisitivo a água não deixa de chegar às torneias diariamente (aliás nem falta água!). E em determinados casos a água é desperdiçada em vias públicas por indivíduos que por não sofrer com a falta dela faz isso, sem nenhum tipo de fiscalização e punição por parte dos técnicos da Embasa.


É vergonhoso isso, o que comprova que quando uma empresa é gerida não tecnicamente, mas politicamente, quem sofre é a parcela da população que nem espaço na mídia local para denunciar tem, sendo necessário que a Globonews faça a denúncia...! É a falta de respeito que impera com a população que vive na zona rural de Feira de Santana!

Comentários