Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Pobres seremos o que mesmo no mundo?

Por Genaldo de Melo Preocupa-me muito quando vejo um indivíduo brasileiro como José Serra, Senador paulista do PSDB licenciado, e atualmente Ministro das Relações Exteriores, brigar com “unhas e dentes” para entregar de mãos beijadas todas as nossas riquezas para empresas estrangeiras, especialmente nosso rico petróleo do Pré-sal.
Preocupa-me muito porque acompanhei em passado recente debate na rede mundial de computadores de dois expoentes do processo de formação de opinião da direta política conservadora mundial: Olavo de Carvalho, filósofo da direita brasileira, e Alexandre Dugin, estratégista-mor do Governo Russo. Preocupação maior quando vemos o que está acontecendo nos espaços territoriais do petróleo (mundo árabe).
Ora, segundo esses expoentes da direita  mundial, um segundo ele mesmo com posição pessoal e agregado americano, e outro com a responsabilidade de Estado, lá da Eurásia, os projetos de dominação mundial estão colocados em três eixos geopolíticos bem definidos.
O primeiro…

O milagre do novo bourrage de crâne no Brasil

Por Genaldo de Melo Enfeitiçados culturalmente pelo que existe de pior em matéria de informação pela mídia do Jornalismo da Obediência, e amordaçados politicamente pelo que de pior existe em matéria de imposição política na história desse país, o povo não viu ainda, e provavelmente nem mesmo vai entender o que aconteceu ontem no Brasil, com o resultado da sabatina coordenada pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, Edison Lobão (PMDB/MA), com o ex-Ministro da Justiça de Michel Temer para definir sua condição de ministro como Supremo Tribunal Federal.
Venceu mais uma vez a incoerência, a insensatez e a truculência do grupo político que hoje dirige os destinos da nação, e que colocou mais uma vez a democracia na pior condição que existe, aquela em que a Constituição Federal de 1988 não mais é respeitada, pois mais uma vez confundiram a divisão dos poderes da República, colocando tudo no mesmo pedestal coordenado pelo mundo político. Com a escolha de Alexand…

A verdade sobre Lula, Bolsonaro e as mentiras repetidas mil vezes

Por Genaldo de Melo Com os últimos fatos do mundo político no Brasil, a verdade precisa ser dita em contrário às teses de Joseph Goebbels, principalmente a de que a mentira repetida mil vezes se torna uma espécie de verdade absoluta. Apesar de que Hitler conseguiu governar a Alemanha por mais de uma década, e de também ter convencido o próprio povo alemão da grandeza de seus desígnios como povo superior aos demais existentes na face da terra, o seu projeto mentiroso não passou dos anos em que foi o líder doente mental, autoritário, prepotente e carniceiro. Ou seja, a mentira repetida mil vezes um dia ela acaba sendo revelada, colocando seu inventor em situação constrangedora, e tendo que ser julgado pelos seus resultados práticos pela própria história.
É evidente que não estamos no Brasil vivendo um projeto parecido com o projeto dos nazistas, mas que estamos do mesmo modo vivendo sob o signo da mentira que se repete mil vezes, isso ninguém em sã consciência, e que conhece o mínimo do m…

Ou o campo reage ou Temer acaba com ele

Por Genaldo de Melo Com a eminente ameaça da aprovação da desastrosa PEC 287, que visa mudar as regras das aposentadorias no Brasil, quem provavelmente vai mais perder com isso são os trabalhadores e trabalhadoras rurais que em sua grande maioria não dispõe de uma renda fixa como os trabalhadores urbanos.
E não tem outro jeito para que essa parcela da população possa levantar sua voz de forma urgente, consciente e contundente, senão os movimentos sociais do campo, representantes legítimos da luta desse povo, tomar a vanguarda da luta contra a famigerada PEC do (des) governo de Michel Temer.
Os trabalhadores e trabalhadoras do campo, em sua grande maioria nem sabe do que se trata essa reforma da previdência, e nem mesmo consegue ter informações concretas sobre o assunto, porque as fontes de informações que a grande maioria tem são dos papagaios de plantão que repetem pelos mais variados cantos do país as vozes da Rede Globo de Televisão.
A proposta é de uma agressão sem limites contra o ho…

A grandeza de Nassar e a pusilanimidade do Ministro

Por Genaldo de Melo
Em qualquer nação do mundo que se preze, e que tenha a seriedade como ponto de partida para administrar as questões de políticas culturais, o cargo do representante principal, ou seja, o Ministro da Cultura, é sempre exercido por um intelectual ou por um ativista do mundo cultural que conhecem os meandros dos setores culturais, que sabem das necessidades do desenvolvimento cultural e artístico propriamente dito.
No Brasil depois do golpe parlamentar que tirou Dilma Rousseff do cargo de presidente (porque foi um golpe contra a democracia, apesar de alguns indivíduos e grupos políticos assumirem o discurso de que tudo foi constitucional), o Ministério da Cultura está sendo exercido por um indivíduo oportunista, que de política cultural não entende é de nada.
Nos últimos governos no Brasil o cargo de Ministro da Cultura, mesmo sendo indicação política, sempre foi exercido por alguém preocupado em fazer com que a cultura fosse levada a sério. Nos governos de FHC, Lula e D…

Tomate para quem te quer

Por Genaldo de Melo Recebo diariamente, na forma individual e em grupos, muitas postagens de WhatsApp que muitas das vezes não servem para nada, já que muita gente não sabe mesmo como utilizar esse aplicativo de tamanha importância em todos os níveis.
Mas hoje recebi um vídeo que parece palhaçada, não pelo seu conteúdo em si, mas pela incapacidade de não enxergar o obvio do seu autor em relação a opinar sobre o Brasil.
No vídeo um caminhão joga em um gramado toneladas, e mais toneladas de tomates, porque seus proprietários não têm aonde comercializar esse importante produto da mesa alimentar dos brasileiros.
Seu autor reclama dos brasileiros que gastam tanto dinheiro para produzir o tomate, mais não têm aonde vendê-lo, porque a crise econômica atingiu a todos, pequenos e grande produtores brasileiros.
Interessante é que esses produtores não entenderam o bonde da história. Quando Lula governava, bem como Dilma Rousseff, o Brasil tinha espaço para negociar seus produtos no mercado mundial, e…

Com 32,8% Lula já pode vencer no primeiro turno segundo a CNT/MDA

Por Genaldo de Melo Nada do que se faça contra Lula pelo visto tem dado certo para os seus adversários políticos, principalmente os partidos de direita que querem chegar ao poder em 2018 através das urnas, bem como para a mídia do Jornalismo da Obediência, que trabalha vinte e quatro horas com o discurso da "convicção" de que existem crimes praticados por Lula, mas nunca aparecerem as provas concretas que devem servir juridicamente para prendê-lo, ou eliminá-lo politicamente.
A cada ataque feito sem que se apresentem provas concretas contra o ex-presidente, o povo brasileiro vai percebendo a perseguição política que está acontecendo contra ele, e do mesmo modo, saudoso ou não como indica pesquisa recente da própria inimiga de Lula, a Rede Globo, o ex-presidente cresce como fermento em bolo nas pesquisas de opinião para Presidente da República em 2018.
Para desespero de todos os seus adversários, segundo a última pesquisa da CNT/MDA divulgada hoje (15/02), Lula lidera em todos o…

O incrível discurso da incoerência

Por Genaldo de Melo Nas entrelinhas de seus discursos e nos meandros de suas mais atrapalhadas ações políticas, Michel Temer vai deixando claro de que não se importa governar para o povo brasileiro, mas simplesmente importa mesmo é ser Presidente da República, mesmo que sendo o mais impopular da história política brasileira, a qualquer custo e a qualquer preço.
Em sua mais recente declaração para agradar a mídia do Jornalismo da Obediência disse de forma contundente de que se qualquer um dos seus assessores virar réu por corrupção será demitido sumariamente. A incoerência do seu discurso é que realmente choca formadores de opinião desse país, exatamente porque ele está escolhendo para decidir os rumos de quem será ou não será réu na Lava Jato, exatamente um dos seus mais atrapalhados assessores, Alexandre de Moraes.
Lógico que com a escolha de seu assessor que plagiou trechos de outros escritores para se tornar doutor na “marra”, e que fez pós-doutorado antes mesmo do doutorado, não vai …

O pentecostalismo vai assumir a Secretaria de Comunicação da Câmara dos Deputados

Por Genaldo de Melo Existem uns absurdos políticos no Brasil que devem ser motivo de piada em outras nações do mundo, principalmente quando envolvem a participação direta de indivíduos com mandatos parlamentares que são ligados à religiões polêmicas, e principalmente fundamentalistas.
A mais nova notícia que recheia manchetes de jornais sobre esses absurdos determinados pela condução política, a partir de negociatas feitas por votos para assumir postos de poder, é a provável nomeação do deputado federal baiano ligado a Igreja Universal do Reino de Deus, Márcio Marinho, para assumir a Secretaria de Comunicação da Câmara dos Deputados.
Não que o deputado não tenha competência para assumir uma estrutura de mais de 500 funcionários, com rádios, canais de TV e vários portais de internet. Na verdade a perplexidade do assunto é porque ele é ligado a uma igreja realmente com postura fundamentalista, ligada ao senhor Edir Macedo, e que ainda apresenta na Rede Record dois programas, o "Balanç…

A sensacional vitória do povo nordestino

Por Genaldo de Melo Depois de muito debate e polêmicas em relação aos interesses de alguns desavisados culturalmente em acabar com a vaquejada no Brasil, finalmente começa a vencer a coerência e o respeito pela cultura do povo nordestino. Finalmente representantes do povo brasileiro no Senado Federal reconhecem que a vaquejada não pode ser acabada no Brasil. Se algo de errado existe, então que os erros sejam concertados, mas não se pode a incoerência e a falta de conhecimento em relação à cultura nordestina prevalecerem.
Finalmente o plenário do Senado aprovou, nesta última terça-feira (14/02), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 50/2016) que permite a realização das vaquejadas, desde que comprovadamente não submetam os animais à crueldade. A iniciativa pela condução da PEC no Senado foi de responsabilidade de um senador nordestino, Otto Alencar (PSD/BA).
Caso ainda haja debates contrários dentro da Câmara dos Deputados, que ainda vai analisar a proposta, os nordestinos que vivem a …