Constranger quem denuncia erros públicos é canalhice

Por Genaldo de Melo

Hoje corajosamente o ex-vereador de Feira de Santana, Marialvo Barreto, denunciou em seu perfil no Facebook a vergonhosa atitude dos responsáveis pela Prefeitura Municipal por fazer cumprir as regras municipais em relação a ordem pública.
Eles chegam e antes de qualquer abordagem técnica, dizem para os "foras-da-lei" quem denunciou seus erros públicos para constranger quem os denunciou, porque estes na sua grande maioria são pessoas que não concordam com o método como se governa Feira de Santana.
Das muitas coisas erradas, da muita falta de respeito, do descumprimento das regras elementares que são denunciadas, na sua grande maioria tem como responsáveis munícipes que conhecem as regras, e são formadores de opinião em seu meio. Mas tem muita gente que erra mesmo porque nem sabe como funcionam as regras municipais, exatamente porque devem ficar devendo favores...
Uma situação como essa em que o agente público que deveria zelar pelo cumprimento das regras, e não fazer política contra quem denúncia publicamente um erro contra as regras da boa municipalidade, deveria ser tratada como crime contra a própria administração municipal, porque com o constrangimento que se passa ninguém vai denunciar ninguém.
E se ninguém puder mais denunciar para não passar por constrangimentos públicos com os foras-da-lei, Feira de Santana vai começar a virar uma terra de ninguém. Denunciar para que mesmo, se agentes públicos provocam desunião entre a população?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria