Oportunidade: Grupo Boticário abre primeira chamada para seu edital de conservação ambiental

Por Genaldo de Melo
apoio-projetos-apoiados
 Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza está com inscrições abertas para a primeira chamada de 2017 do  Edital de Apoio a Projetos de seu Programa de Apoio à Ações de Conservação. O recurso total disponibilizado pelo programa é de 1,1 milhão de reais e não há valores mínimos ou máximos para as propostas,
que devem ser apresentadas considerando o tempo de execução de 12, 18 ou 24 meses. Voltado para instituições privadas sem fins lucrativos, como fundações ligadas a universidades e organizações não governamentais, o programa visa potencializar a geração de conhecimento com pesquisas e estudos sobre a biodiversidade brasileira, além de estimular iniciativas que promovam mudanças positivas no cenário ambiental do país. São duas chamadas anuais, uma a cada semestre e, em média, em cada processo de seleção, são apoiadas de 10 a 13 propostas. O edital é dividido em três linhas temáticas. A primeira é voltada para a criação ou ampliação de Unidades de Conservação de Proteção Integral e Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs). Outra linha prioriza iniciativas para proteger as espécies brasileiras ameaçadas de extinção. Os projetos inscritos nessa área devem ter como objetivo colocar em prática as atividades previstas nos Planos de Ação Nacional (PANs), buscando melhorar os seus status de conservação. Por fim, o terceiro foco do edital é voltado para iniciativas que visem minimizar as ameaças à biodiversidade dos ecossistemas costeiros e marinhos – que estão longe da meta de proteção da Convenção da Diversidade Biológica, que indica a necessidade de conservar 10% desses ambientes, sendo que o Brasil protege atualmente apenas 1,5% por meio de Unidades de Conservação. As inscrições vão até o dia 31 de março e as informações completas estão disponíveis no site em: http://www.fundacaogrupoboticario.org.br/pt/o-que-fazemos/editais/pages/default.aspx

Comentários