Oportunidade para entidades: Fundação Avina lança primeiro edital com foco em tecnologia cívica

Por Genaldo de Melo
que-es-altec-logo_01-img
A Fundación Avina, a Avina Américas e a Omidyar Network acabam de lançar a Aliança Latino-americana para a Tecnologia Cívica (ALTEC), um fundo de investimento de 3,5 milhões de dólares, mais de 10 milhões de reais, para impulsionar o desenvolvimento e a promoção das plataformas e aplicativos que busquem encontrar soluções de interesse público por meio da tecnologia. A proposta é melhorar a transparência e a prestação de contas dos governos, combater a corrupção e facilitar o acesso dos cidadãos a serviços públicos de qualidade. Podem enviar propostas organizações da sociedade civil, meios de comunicação independentes e pequenas empresas tecnológicas da América Latina. A iniciativa oferecerá apoio técnico e econômico – entre 100 mil a 150 mil dólares – para aproximadamente 20 iniciativas com duração entre 18 e 24 meses. O edital contempla três linhas de ação: 1. Desenvolvimento de novas plataformas ou aplicativos de tecnologia cívica (TC), voltada para iniciativas conjuntas de organizações da sociedade civil e desenvolvedores; 2. Fortalecimento da capacidade de impacto de iniciativas de TC (escala ou replicação), também voltada para o mesmo público; e 3. Iniciativas de TC com modelos de negócio empresarial, direcionada para startups ou empresas com modelos de negócios baseados em TC. Entre os temas de interesse do edital estão: transparência, redução de contas, participação cidadã, jornalismo cidadão e uso de dados abertos. Serão priorizados também projetos que contemplem a perspectiva de gênero e utilizem softwares livres. Além dos recursos financeiros, a ALTEC irá acompanhar os projetos selecionados, oferecendo ferramenta e capacitações em assuntos como sustentabilidade financeira, comunicação, captação de recursos, liderança, desenvolvimento tecnológico, entre outros. Os interessados em participar do edital podem acessar aqui o regulamento, em espanhol, e fazer sua inscrição até o dia 31 de março por meio de um formulário online. (GIFE)

Comentários