Vá embora enquanto é tempo, meu senhor!

Por Genaldo de Melo
Michel Temer continua insistindo no tratamento de que os brasileiros são um monte de bestas amestradas. Depois de tudo o aconteceu o miserável ainda quer somente responder as perguntas à Polícia Federal do que ele acha que deve ser respondido, e não sobre os áudios de seus crimes de influência.

E ainda tem 6,4% de possibilidades de potenciais brasileiros que acreditam num indigente político como ele. A desgraça do ex-deputado da mala, Rodrigo Rocha Loures,  pego em flagrante correndo com a mala de dinheiro, devolveu a mesma, portanto não tem que ver mais nada se os áudios são ou não são verdadeiros!

Então o dinheiro da mala devolvido pelo seu assessor, provando realmente as conversas nojentas dos áudios (faltando trinta e cinco mil reais, que ele colocou depois), ou era de mentira ou então foi dinheiro falso. Se for dinheiro falso então alguém precisa responder judicialmente por isso, porque falsificar dinheiro no país é crime.

Esse sujeito pequeno, Michel Temer, em vez de tomar juízo e sair logo para seu ostracismo pessoal enquanto ainda há tempo, ouvindo as vozes das ruas, parece que está esperando que se descubra dele tudo aquilo que poderia inclusive não se perder tempo prá isso, caso ele fosse embora.

Deixar esse governo que não governa e ir embora enquanto "apenas" 90,6% dos brasileiros estão dizendo que querem ele fora e querem eleições diretas-já é a melhor coisa nesse momento para esse senhor de idade que está tratando aos brasileiros como os mais perfeitos idiotas. Coisa que os mesmos não são e estão dizendo nas pesquisas: vá embora, Michel!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria