O efeito do uísque envelhecido na cabeça de quem ganha acima de dez salário mínimos

Por Genaldo de Melo
A Folha de São Paulo surtou de vez nesta terça-feira com o lançamento do resultado de uma pesquisa Datafolha sobre eleições indiretas no Brasil, caso Michel Temer caia, pois deixa bem claro que foi com leitores da própria, que lêem pelo menos uma vez por semana o jornalão da imprensa tradicional. Para ela 51% de “seus leitores” querem eleições indiretas para escolher o Presidente da República, ou seja, a maioria de seus seguidores acham que sabem mais do que o próprio povo brasileiro.

Mesmo compreendendo que a aprovação de uma mudança na Constituição Federal para promover eleições diretas ainda este ano é muito difícil, por causa dos próprios ritos que devem ser seguidos, mas sem nenhuma resistência à raciocínio esta mais do que claro que o povo brasileiro, exatamente quem não ler a Folha de São Paulo, quer de fato eleições diretas que possam devolver a democracia roubada.

Fazer uma pesquisa entre seus leitores, que segundo o próprio texto publicado hoje em seu site, são pessoas com renda familiar acima de dez salários mínimos, e achar que os brasileiros são beócios a ponto de acreditar que o melhor para o Brasil no momento são eleições indiretas, com a escolha de um nome que saia dos bastidores daquele Congresso Nacional, que a cada dia que se passa fica mais parecendo uma "casa de negócios escusos", é querer subestimar nossa inteligência.

Se está trabalhando como assessoria de imprensa para o PSDB, o DEM e o próprio PMDB, deveria compreender que não existe nenhuma reserva moral no Congresso Nacional para escolher um presidente. Se tivesse um pouco de respeito e fizesse um jornalismo de qualidade, e não uma pesquisa com seus próprios leitores para querer influenciar os brasileiros que já conscientes decidiram que querem novas eleições diretas-já, respeitaria a noção da possibilidade de imparcialidade no processo.

Pelo visto na Folha de São Paulo deve ter muita gente tomando uísque envelhecido demais nas noites frias da capital paulista, como seus endinheirados leitores!

Comentários