Enquanto Rodrigo Maia monta seu novo Ministério, uma turma se prepara para cortar os cabelos na Papuda

Por Genaldo de Melo
Definitivamente, para quem entende o mínimo do mínimo de como funciona a política, o recado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) foi bastante diáfano como um espelho em nossa frente, ou seja, o governo de Michel Temer acabou.

Em sua narrativa nas entrelinhas, provavelmente dentro de poucos dias o Brasil terá outro Presidente da República para tocar as reformas que o mercado vem exigindo, e nesse caso o nome será Rodrigo Maia, para colocar pela primeira vez na história da República a chamada verdadeira direita no poder, o DEM.

E nesse caso, surge mais um queridinho do mundo empresarial, e principalmente para que a Rede Globo possa pelos menos fazer propaganda de um nome que pode até mesmo mudar o cenário pensando nas eleições de 2018, em que por todos os prognósticos colocados em cena a esquerda brasileira voltará ao poder.

Nas entrelinhas, para Cássio Cunha Lima com Temer no governo nenhuma reforma passará mais no Congresso, pois com tanta impopularidade, com tanto envolvimento em coisas estranhas e nada republicanas, nenhum deputado ou senador vai querer correr o risco de morrer em abraço de afogado.

E nesse caso dois cenários estão se desenhando. O primeiro, Rodrigo Maia já está secretamente montando seu novo ministério, mesmo dizendo que não mexe na equipe econômica. E segundo, que sem foro privilegiado em poucos dias veremos um rebanho de corruptos com cabelos cortados na Papuda!

Comentários