Pular para o conteúdo principal

A verdade sobre o crescimento do petismo e incrível retrocesso do antipetismo

Por Genaldo de Melo
Definitivamente os militantes do campo do antipetismo sem sombras para dúvidas não são politizados como são os militantes do campo da esquerda no Brasil. A grande maioria dos cidadãos que se dizem contra o Partido dos Trabalhadores não são considerados de direita e nem mesmo sabe qual a diferença entre um projeto político de direita e um projeto político de esquerda. Estão todos perdidos no discurso de combate à corrupção, que para muitos deles é somente coisa do PT, como se o PT tivesse governado durante os  500 anos de nossa existência, e não conseguem enxergar que a corrupção sempre foi a premissa principal da existência da direita brasileira.

Por mais que a grande maioria que assimilou o discurso de que tudo que for do PT, tudo que for vermelho não presta, ela não enxerga nem o passado recente dos últimos 13 anos que o PT governou e colocou nossa economia na sexta posição no mundo, enquanto que em poucos meses de governo Michel Temer já diminuiu nossos patamares a posições vergonhosas, por ser um "grande político" em si, mas não um grande articulador e um grande administrador.

O antipetismo é tão despolitizado que esqueceu em pouco tempo o governo que foi coordenado por Lula, e agora procura de todos os modos desqualificá-lo como incompetente. Coisa que para quem compreende o mundo da política sabe muito bem porque é que Lula foi eleito, reeleito, e elegei por duas vezes seu “poste”. Fez isso exatamente por ser mais competente do que os acadêmicos de plantão que no poder nunca conseguiram fazer do Brasil uma nação não colonizada e impregnada pelo vírus do “complexo de vira-latas” de que tanto falava Nelson Rodrigues.

Quando se analisa o ódio generalizado que não existia no Brasil, mas passou a ser elemento nacional a partir do formato de opiniões de gente que chegou a conclusão de que nas urnas não mais vencia Lula e o seu PT, chegamos a conclusão que o antipetismo quer combater a corrupção apenas do PT, e não a do PSDB, do DEM do PMDB e de seus satélites, mas não consegue nem mesmo dialogar e debater sobre o tema, simplesmente porque é despolitizado e manipulado pela imprensa tradicional brasileira, que concluiu que o PT é o demônio.

Porém o problema do antipetismo é exatamente o fato de não saber mesmo fazer política, tanto que a esquerda somente cresce em pesquisas e em números, conforme demonstram todas as pesquisas de opinião sobre o voto para 2018, exatamente porque o petismo e seus aliados são bem mais politizados e preparados para o debate dentro da sociedade brasileira. Enquanto se busca de todos os modos demonizar e assassinar a reputação de Lula, o povo em si somente se apaixona politicamente ainda mais por Lula e pelo projeto político da esquerda que vinham dando certo até 2014.

Dizer o que PT é coisa do demônio e que inventou à corrupção, e querer prender Lula de qualquer jeito e sem apresentar as provas convincentes para a sociedade brasileira, não vai adiantar de nada para os militantes despolitizados do combate ao petismo. Se ao menos os militantes do antipetismo tivessem consciência política de que deveriam ser militantes orgânicos da direita brasileira, aí sim, o contraponto ao PT teria melhores resultados, porque do modo como estão “babando ódio” e escrevendo escabrosidades nas redes sociais não vai definir os resultados das urnas em seu favor.

Felizmente ou infelizmente o sangue de todos os brasileiros é vermelho por natureza, a não ser que alguém queira beber tinta azul, ou imitar a louca da Janaína Pascoal que faz o que faz por dinheiro! Porque por enquanto somente quem está crescendo de tamanho político por incrível que pareça, e por mais que se aumente a caçada judicial e midiática, é o petismo no Brasil. E escrevo isso com a consciência tranqüila de não ser exatamente um petista!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …