Quilombolas se preparam para o Fórum Social Mundial em Feira de Santana

Por Genaldo de Melo

Pensando em construir pautas para a participação efetiva das comunidades quilombolas e movimentos sociais de Feira de Santana no Fórum Social Mundial, que acontecerá na Bahia em 2018, atores sociais locais realizaram no último dia 10 de agosto o “Encontro de Comunidades Quilombolas do Portal do Sertão Rumo ao Fórum Social Mundial”.

O Encontro aconteceu durante todo o dia, permeado de várias atividades culturais, na sede da Associação Cultural Colerinho da Bahia, localizada na comunidade quilombola da Matinha dos Pretos, em Feira de Santana (BA).

Dialogando sobre o Fórum Social Mundial que acontecerá em Salvador com a parceria da UFBA e parceiros nacionais e internacionais, estavam presentes membros do Comitê Organizador do FSM, Gilberto Leal (CONEN), Débora Rodrigues e Claúdio Mascarenhas (GERMEN).

No evento aconteceu a Mesa de Diálogos: Pautas para o Desenvolvimento Sustentável das Comunidades Quilombolas e o Fórum Social Mundial – 2018. Nesse momento dialogando sobre “Saúde” debateram Roberta e José Raimundo, da comunidade de Lagoa Grande, sobre “Cultura e Identidade” debateram Guda Moreno, da Matinha dos Pretos, sobre “Educação” debateram Francisca Fonseca e Renilda Santos, e sobre “Acesso à Terra e Desenvolvimento Sustentável” debateram Caciano e Das Neves, lideranças comunitárias.

O evento que teve a coordenação pedagógica de Maria Cristina, teve a participação de representantes de várias comunidades e de várias entidades de luta em favor dos quilombolas de Feira de Santana e Região. Destaque para representantes de Irará, da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), e do representante da FETAG-BA, Genaldo de Melo (Instituto Mandacaru e Pólo Sindical “Wilson Furtado”).

Comentários