O prefeito de São Paulo que precisa de um divã urgente

Por Genaldo de Melo
A mediocridade atingiu seu ápice na política brasileira depois do golpe de Estado, e contra a democracia representativa, em que se reconhece o detentor do poder quem vence nas urnas, com as últimas escabrosidades do prefeito de São Paulo, João Dória.
Em vez de respeitar aos paulistanos e governar a capital paulista, talvez rancoroso por não ter conseguindo seu intento de ser a grande estrela dos tucanos, doentilmente ele partiu para o ataque contra a ex-primeira dama do país, somente porque o nome dela batizará um viaduto em São Paulo.
A grande e escabrosa mediocridade reside exatamente na sua pusilanimidade em atacar uma pessoa que não se encontra mais nesse plano. Marisa Letícia já morreu, não foi condenada a nada, mas o pseudo-gestor acha que com rancor e ódio alavancará seu nome. isso não está dando com ninguém, ele precisa se tratar com um psiquiatra!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A manipulação grosseira da Globo do Dia do Trabalho

ACM Neto pode não ser mais candidato nas próximas eleições na Bahia

Sem Lula cidadãos conscientes continuam preferindo Manuela