Os relógios de Wagner para aumentar o tamanho de ACM Neto


Por Genaldo de Melo
De uma coisa temos certeza, mesmo sem votos para galgar os principais cargos políticos do país no momento, a direita brasileira sabe muito bem utilizar seus instrumentos, como por exemplo, a imprensa tradicional comercial aliada. O grande exemplo que temos no momento foi a espalhafatosa operação da Polícia Federal (que mais parceria de fato da TV Bahia e da Rede Globo) para cumprir um mandato de busca e apreensão na casa do ex-governador baiano Jacques Wagner, exatamente no momento em que ACM Neto tem dúvidas sobre sua candidatura contra Rui Costa.

Estão escandalizando que ele recebeu propina (até mesmo mais do que Geddel tinha escondido em um apartamento em Salvador), exatamente de uma empresa que fez a Fonte Nova, e para ter de volta seus investimentos deve esperar quinze anos (isso mesmo, "deram" a bagatela de R$ 82 milhões a Wagner, esperando receber o retorno financeiro em quinze anos!).

Mas escândalo ainda, são relógios de “luxo” que foram encontrados com o ex-governador, e que ele está pedindo perícia para comprovar que são réplicas de originais, mas a própria grande aliada chamada imprensa não quer falar mais disso. Sobrou até mesmo uma fake news para o líder do Governo, o deputado estadual Zé Neto, pois inventaram que o homem ganhou de presente de Wagner um desses relógios. Misericórdia!

A imprensa tradicional da direita está certa em esquecer Geddel nesse momento, e esconder o escândalo de R$ 113 milhões encontrados na Suíça, em contas do operador do PSDB, Paulo Preto, e atacar veementemente os membros da esquerda que estão melhores nas pesquisas. É da natureza da política se utilizar dos mecanismos e instrumentos de que se dispõe para atacar sem piedade os adversários. Caso contrário a derrota é mais feia.

O problema é que mesmo com ACM Neto como provável presidente nacional do DEM, mesmo com os espetáculos midiáticos que estão promovendo para assassinar reputações, estão esquecendo que o prefeito de Salvador diminuiu de tamanho  eleitoral em tão pouco não foi porque ele quis assim, foi porque ele é amigo pessoal do homem das malas de dinheiros no valor de R$ 51 milhões em dinheiro vivo. E o grande erro é achar que nas eleições os adversários não têm as imagens para mostrar e tentar também assassinar a reputação de alguns!

De uma coisa deve-se sempre ter certeza, a direita que apóia ACM Neto é boa em fazer teatro, o problema é que tem combinar com o povo baiano. E isso não está sendo nada fácil, conforme demonstram as premissas atreladas aos dois principais fatores do momento. Primeiro, a grande incerteza de ACM Neto, que deixa cada vez mais claro que está perdido politicamente, e segundo que baiano não é cego, pois está literalmente vendo quem de fato trabalha na Bahia em favor dos baianos. Alguém deve procurar um oftalmologista, porque tem pedras no meio caminho!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A manipulação grosseira da Globo do Dia do Trabalho

ACM Neto pode não ser mais candidato nas próximas eleições na Bahia

Sem Lula cidadãos conscientes continuam preferindo Manuela